A história do Hotel começou em 1899, com a chegada de um casal de alemães, os Hampel. Segundo é contado, o Dr. Alfredo Hampel construiu o local para funcionar como uma casa de repouso para portadores de doenças respiratórias, funcionando como uma espécie de hotel-sanatório.

O local era procurado por pessoas que vinham de várias partes do estado, de lugares muito distantes, e que levavam dias de viagem numa carreta de bois. Quando chegavam ao local, afirmavam que o sacrifício tinha valido a pena, pois o clima agradável, o convívio com a natureza e belas paisagens era a esperança de cura para muitos dos que lá procuravam um alento para suas enfermidades. Partes da construção original do hotel, feita de tábuas de cerne de araucária, ainda são utilizadas pelo hotel.

Registros de uma nova administração, a partir de setembro de 1924, são encontrados no hotel. Neles, são feitas referências de que o local possuía excelente qualidade do ar e água. Desde então, o Hotel já é citado como um excelente local de veraneio, e chamado então de Pensão Hampel.

       Entre as décadas de 40 e 50, tomou-se notoriedade e um grupo de famílias influentes de Porto Alegre assumiu sua administração. O objetivo era transformar o local em uma espécie de condomínio de lazer. Assim, foi inaugurada a nova construção, em alvenaria, que abriga as principais instalações do Hotel até hoje.

       Atribui-se também ao casal Hampel, a introdução das primeiras mudas de hortênsias na Serra Gaúcha, flor símbolo da região e logotipo do Hotel.

       Nos últimos anos o Hotel passou por diversas reformas e melhorias, mantendo sua história e adecuando-o às necessidades atuais.


Infraestrutura História
Parador Hampel
Rua Boca da Serra, 445
São Francisco de Paula/RS